quinta-feira, 1 de junho de 2017

POLÍCIA PRENDE SUSPEITO DE MATAR A MADRASTA A FACADAS NA GRANDE NATAL


Maria dos Anjos foi morta enquanto dormia ao lado do marido (Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi)

polícia prendeu o enteado de Maria dos Anjos Ribeiro da Silva, de 51 anos, morta a facadas na madrugada de sábado (29) no bairro Passagem de Areia, em Parnamirim, na Grande Natal. Preso na manhã nesta quarta-feira (31), o homem de 24 anos é o principal suspeito investigado pelo crime.

De acordo com a Polícia Civil, Maria dos Anjos foi assassinada dentro da casa do suspeito, onde ela e o companheiro teriam se hospedado na noite do crime. "Durante a noite, eles teriam bebido e provavelmente aconteceu uma discussão entre ele e Maria dos Anjos. Diante do fato, ele esfaqueou a vítima", opinou Leandro Matos, delegado adjunto da 1ª Delegacia de Polícia de Parnamirim.

A vítima dormia ao lado do marido quando foi esfaqueada. O marido contou que a mulher acordou dizendo que havia levado facadas, sentindo dores no peito e nas costas. Ele ainda chamou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando os socorristas chegaram ela já estava morta.

Ainda segundo o delegado, uma faca supostamente suja de sangue foi encontrada na casa do suspeito na manhã da prisão. A possível arma do crime será enviada para o departamento de perícia para análise.

40 mulheres assassinadas

Segundo levantamento feito pelo Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO) — instituto que contabiliza e analisa os crimes contra a vida no estado — com a morte registrada nesta madrugada em Parnamirim chega a 40 o número de mulheres assassinadas este ano no Rio Grande do Norte. No ano passado, entre 1º de janeiro e 29 de abril, foram registrados 29 casos, o que significa um aumento de 37,93% no número de mortes de mulheres.

O OBVIO também constatou que são 7 os casos de feminicídios registrados este ano. Feminicídio é um crime considerado de gênero, motivado pelo fato de a vítima ser mulher. Ano passado, nos primeiros quatro meses, foram registrados 10 casos desta natureza no estado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...