sábado, 17 de junho de 2017

A MORAL DOS CAGUETES OU DELATORES..

"Era caguete sim, era caguete sim, eu só sei que a policia entrou no velório e o dedão do safado apontava pra mim." (Bezerra da Silva).

No mundo cão da violência, o caguete sofre e em muitas vezes com medo do dedo duro, termina por ser eliminado. Nos dias atuais da vida política brasileira, mergulhada numa crise sem procedentes, devido ao mar de lama, proveniente da corrupção, onde surrupiam o dinheiro público, ser caguete, é ter moral...

A prova, são as delações, onde aqueles que ajudaram a roubar, desviar o dinheiro público, que poderia ser investido em um educação, saúde, segurança, tem suas penas reduzidas ou até perdoadas.

Aquele que ajudou e sabia os meandros da roubalheira e hoje tornou-se dedo duro, não é criminoso tanto como o corrupto?

Esse da foto abaixo, deve tá virando santo. Conseguiu se tornar milionário as custas do poder público, comprou tudo que foi político ou autoridade nesse país, entregou todos e tá de bem com a vida. No caso ele é tão culpado como os outros ou não?


como

DEDÉ AUTO PEÇAS




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...