sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

NA MIRA DA INTERPOL


O empresário Eike Batista entrou na lista “de difusão vermelha da Interpol”, juntando-se a outros 160 brasileiros na mira da Organização Internacional de Polícia Criminal. A inclusão do empresário, que ganhou notoriedade no governo do ex-presidente Lula, foi um pedido da Polícia Federal acatado pelo juiz Marcelo Bretas, da 7ª Vara Federal do Rio de Janeiro e responsável Operação Eficiência. Eike é acusado de pagar US$ 16,5 milhões em propina para uma organização criminosa chefiada pelo ex-governador do Rio Sérgio Cabral. Outros oito acusados, incluindo Cabral, tiveram a prisão decretada.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...